Archive for março \23\-03:00 2020

Os governos vão despejar dinheiro na economia. Como financiar esse esforço de guerra? War Bonds?

Posted on 23/03/2020. Filed under: Finanças |

Caros leitores,

Vamos a um debate exploratório sobre possíveis caminhos econômicos de governos do mundo inteiro para financiar os esforços de guerra contra o Coronavírus.

Trilhões de dólares prometidos a todos, de trabalhadores a bancos, de onde virá esse dinheiro?

Será que recriaremos os War Bonds? Ou o empréstimo compulsório da década de 1980?

Ler Post Completo | Make a Comment ( 7 so far )

2008: Dinheiro público para bancos. 2020: Dinheiro público para os consumidores. Que Capitalismo Doido É Esse?

Posted on 19/03/2020. Filed under: Finanças |

Caros leitores,

Como, nos últimos 12 anos, acabamos forçando toda a economia a depender dos orçamentos públicos?

Do bailout aos bancos, seguradoras, fundos e grandes empresas de 2008-2009 à injeção de dinheiro vivo nas mãos do consumidor durante a crise do Coronavírus de 2020.

Como diria Compadre Washington, filósofo do É o Tchan, pau que nasce torno nunca se endireita. Não dá para fazer tudo errado por 10-12 anos e esperar que no final dê certo.

Orçamentos públicos existem para garantir as regras do jogo e a percepção de justiça entre os jogadores. Não existem para substituir os jogadores.

Poucos percebem, mas os juros negativos são uma forma de “imposto sobre grandes fortunas” disfarçados de liquidez bancária. O “capitalismo natural” não reclama, apenas se vinga.

 

Ler Post Completo | Make a Comment ( 2 so far )

A guerra econômica contra o Corona Vírus. Como funciona uma economia de guerra?

Posted on 18/03/2020. Filed under: Finanças |

Caros leitores,

Sempre com o objetivo de debater o que não está sendo falado na mídia, vamos falar um pouco de uma economia de guerra.

Corremos, infelizmente, um risco de disfunção nos mercados de títulos soberanos e, consequentemente, na capacidade de autofinanciamento dos países.

Isso acontecia na guerra, mas como os países conseguiam financiar o esforço de guerra?

War bonds. Espero que não cheguemos a isso, mas é bom conhecer, já que todos estão falando em “guerra” contra o vírus.

 

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

Coronavírus (COVID19) e a Economia Mundial. Autoridades financeiras precisam agir junto com as autoridades médicas e sanitárias!

Posted on 15/03/2020. Filed under: Finanças |

Em 14/03/2020, no início da crise europeia da Pandemia, o que poderiam fazer os órgãos financeiros internacionais para evitar a paralisia do sistema de financiamento e de crédito?

Os governos devem mesmo cuidar das pessoas, evitar mortes e o alastramento são suas prioridades. Paralelamente devemos evitar uma potencial enxurrada de execuções de dívidas e de cláusulas contratuais.

A coordenação entre bancos centrais, comitês de risco, reguladores financeiros, tesouros nacionais e órgãos financeiros multilaterais será fundamental. Não é possível “parar a economia” por alguns meses. Economia é fluxo contratual e os contratos não param, pois as cláusulas não conseguem prever tudo.

Em momentos de estresse grave como esse, não podemos deixar que os contratos se regulem sozinhos, sob o risco de uma cascata de execuções de dívidas sem precedentes. E contra empresas que pararam suas atividades por motivo de força maior e por ordem dos governos. Se quisermos manter a funcionalidade econômica, provavelmente vamos precisar criar regras prudenciais temporárias para que mesmo os estados nacionais não quebrem com a falta de receita orçamentária.

O foco sanitário e médico é prioridade, mas nessa hora os reguladores do sistema financeiro internacional precisam dar sua contribuição de forma proativa. Acho perigoso “esperar para ver”. Pode ser tarde, a economia, como disse, não consegue parar e recomeçar, precisa continuar seu fluxo, ainda que em condições estressantes.

Pense no fluxo sanguíneo do corpo humano. Conseguimos lidar com pequenos trombos e obstruções com remédios e exercícios, mas não conseguimos lidar com obstrução total de canal algum mais importante. É como funciona o sistema financeiro, as vias de crédito e de pagamento precisam ficar desobstruídas, ainda que com calibre menor, para evitar o colapso.

Enquanto isso torçamos para que esse momento terrível passe logo e para que a medicina nos presenteie com soluções engenhosas.

Ler Post Completo | Make a Comment ( None so far )

  • Disclaimer

    Este blog é um ambiente privado para expor opiniões, estudos, reflexões e comentários sobre assuntos ligados a finanças, bolsa de valores, economia, política, música, humor e outros temas.

    Seus objetivos são educacionais ou recreativos, não configurando sob nenhuma hipótese recomendação de investimento.

    O investidor consciente deve tomar decisões com base em suas próprias crenças e premissas. Tudo que lê ou ouve pode ser levado em consideração, mas a decisão de investimento é sempre pessoal. Tanto na escolha de ações para carteira própria, quanto na escolha de gestores profissionais para terceirização da gestão.

    O Autor espera que os temas educacionais do blog possam ajudar no desenvolvimento e no entendimento das nuances do mercado de ações, mas reitera que a responsabilidade pela decisão de investimento é sempre do próprio investidor.

    Sejam bem vindos!

  • Paulo Portinho

    PAULO PORTINHO, engenheiro com mestrado em administração de empresas pela PUC-Rio, é autor do Manual Técnico sobre o Método INI de Investimento em Ações, do livro "O Mercado de Ações em 25 Episódios" e do livro "Quanto Custa Ficar Rico?", os dois últimos pela editora Campus Elsevier.

    Paulo atuou como professor na Pós-graduação de Gestão Social da Universidade Castelo Branco e na Pós-graduação oferecida pela ANBIMA de Capacitação para o Mercado Financeiro.

    Atuou como professor da área de finanças e marketing na Universidade Castelo Branco e no curso de formação de agentes autônomos do SINDICOR.

    Como executivo do Instituto Nacional de Investidores - INI (www.ini.org.br) entre 2003 e 2012, ministrou mais de 500 palestras e cursos sobre o mercado de ações, sendo responsável pelo desenvolvimento do curso sobre o Método INI de Investimento em Ações, conteúdo que havia chegado a mais de 15.000 investidores em todo o país, até o ano de 2012.

    Representou o INI nas reuniões conjuntas de conselho da Federação Mundial de Investidores (www.wfic.org) e da Euroshareholders (www.euroshareholders.org), organizações que congregam quase 1 milhão de investidores em 22 países.

    Atuou como articulista do Informativo do INI, do Blog do INI, da revista Razão de Investir, da revista Investmais, do Jornal Corporativo e do site acionista.com.br. Foi fonte regular para assuntos de educação financeira de veículos como Conta Corrente (Globo News), Infomoney, Programa Sem Censura, Folha de São Paulo, Jornal O Globo, entre outros.

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...