Lucros da CSN e VALE. Atualização sobre o Método SEMPRE.

Posted on 12/03/2014. Filed under: Finanças |

Amigos do blog,

Havia dito a alguns que a previsão para o lançamento do nosso livro sobre o Método SEMPRE seria para final de Abril de 2014.

Ainda luto por essa data, mas a editora ainda não confirmou.

A boa notícia é que o Portal ADVFN já me enviou uma versão beta da ferramenta que vai ajudar o usuário do Método, creio que ela poderá ser lançada em conjunto com o livro, já plenamente funcional.

Enquanto isso, alguns comentários sobre o que vai no livro…

 

Trabalhando os lucros das Companhias.

Como teaser do livro, abro o espaço para uma breve discussão sobre os lucros não recorrentes das Cias Abertas.

Um dos problemas (em minha opinião) do Método INI, era não tratar a questão dos lucros (prejuízos) não recorrentes, o que acabava por distorcer o histórico de múltiplos fundamentalistas e por confundir o usuário.

No livro, as duas Companhias do título são tratadas e todas têm algum ajuste relevante a se fazer no lucro divulgado.

Vale ressaltar que os ajustes são feitos APENAS para melhor compreensão do resultado ATUAL e PASSADO da Companhia. As avaliações de futuro seguem sua própria lógica.

 

VALE

A Companhia em 2012 havia divulgado um lucro de cerca de R$ 9,8 bilhões que, excluídos os fatores não recorrentes (impairment – baixas contábeis por valor justo de ativos, variação cambial etc.) seria de, segundo a Companhia, R$ 20,5 bilhões.

É claro que, se utilizarmos o lucro contábil simplesmente, o P/L, por exemplo, ficaria mais que o dobro do “real”.

Já em 2013, a VALE fez ajustes de ordem de R$ 26 bilhões, o que fez seu lucro contábil cair a R$ 115 milhões, talvez o menor em 20 anos. Ocorre que a Companhia informa que o lucro “básico”, retirando fatores não recorrentes como REFIS, baixas contábeis etc., chegaria a R$ 26 bilhões, cerca de 30% maior do que o lucro de 2012. Ainda, informa que a geração de caixa foi de R$ 49 bilhões, a segunda maior da história.

Por que isso é importante?

Quem analisa fundamento tem que analisar o negócio. Os fatores não recorrentes são ruins, mas pontuais e, eventualmente, não tem impacto direto no caixa.

 

CSN

A CSN também teve fortes perdas contábeis por aderir ao REFIS, cerca de R$ 1 bilhão. O lucro divulgado foi de R$ 534 milhões em 2013. No quarto trimestre, a Companhia reportou um prejuízo líquido de R$ 487 milhões, porém informa que houve impacto negativo de R$ 937 milhões por conta da adesão ao REFIS.

Segundo a própria Cia, o lucro do 4T13 seria de cerca de R$ 450 milhões o que levaria o lucro “básico” da CSN a algo como R$ 1,5 bi.

O pagamento de dividendos de cerca de R$ 800 milhões, os recordes de receita e de vendas, o elevado EBITDA e a Margem EBITDA, enfim, foram resultados bem mais robustos do que o lucro contábil poderia deixar inferir.

O P/L da CSN, com o lucro contábil, estaria na ordem de 24, já com o lucro “básico” que retira o efeito do REFIS, estaria na ordem de 8.

 

Resumindo…

O Método ensina a tratar de forma bem simplificada essas questões, ainda aborda questões relevantes como a nova nomenclatura do lucro, após IFRS (lucro líquido atribuído a acionistas controladores), além de mais graus de liberdade quanto às perspectivas futuras.

Espero que (quando sair…) seja um bom guia para aprender análise fundamentalista de forma prática e objetiva!

Make a Comment

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

17 Respostas to “Lucros da CSN e VALE. Atualização sobre o Método SEMPRE.”

RSS Feed for Blog do Portinho Comments RSS Feed

Boa noite Portinho.
Voce havia comentado que estava difícil arrumar patrocínio, e esse pessoal que está na contra capa dos livros “Manual Técnico” que eram os membros fundadores como, Abrasca, Bancos, FINEP, Suzano dentre outros não vão continuar ajudando nessa empreitada?
Saudações Armando

Oi Armando,
Já estamos com acertos na Saraiva e na ADVFN. Não há patrocínio, só um contrato normal de edição e uma parceria com o site.
Esperamos em breve lançar o livro e a ferramenta.
Abraço
Paulo Portinho

Portinho,

Vocês faz a análise pelo DFP individual ou consolidado?

Abraços,
Sir Income

Oi Sir,
Nós fazemos pelo consolidado, mas com explicações sobre os lucros e dividendos, pois isso mudou com o IFRS. O livro trata detalhadamente do assunto.

Boa. Tenho um kindle hd8.9 e leio muito nele.

Vai ter versão Kindle?

Acho que vai ser em epub, não sei se roda no Kindle…

Publica logo essa bagaça, homem! Estou deixando de ganhar dinheiro, ora!🙂

Calma Inúbia… ficar rico leva tempo e dá trabalho… rsrss

Aguardando, e certo do sucesso.
Abraco Portinho
Noracir

Obrigado Noracir!

Também será lançado no formato ebook?

Sim, na plataforma mais moderna e diversificada do país (a editora é pioneira nisso).

Ei, Portinho. Fico feliz pela proximidade do lancamento. Pergunta: vai haver algum software ou planilha dinamica que permita projetar e acompanhar papeis estudados (algo analogo ao falecido metodo INI)?

Oi Aroldo,
A ideia é essa. Junto com a ADVFN oferecer uma plataforma com acesso aos dados e ao software que facilita o uso do método.

Como está essa questão do site ADVFN? Procurei e não achei nada lá. O site é meio confuso, tem como confirmar onde encontro as informações sobre o método?

Oi Rodrigo,
Estou testando as últimas ferramentas. Espero que em 10 dias no máximo esteja no ar.


Where's The Comment Form?

  • Disclaimer

    Este blog é um ambiente privado para expor opiniões, estudos, reflexões e comentários sobre assuntos ligados a finanças, bolsa de valores, economia, política, música, humor e outros temas.

    Seus objetivos são educacionais ou recreativos, não configurando sob nenhuma hipótese recomendação de investimento.

    O investidor consciente deve tomar decisões com base em suas próprias crenças e premissas. Tudo que lê ou ouve pode ser levado em consideração, mas a decisão de investimento é sempre pessoal. Tanto na escolha de ações para carteira própria, quanto na escolha de gestores profissionais para terceirização da gestão.

    O Autor espera que os temas educacionais do blog possam ajudar no desenvolvimento e no entendimento das nuances do mercado de ações, mas reitera que a responsabilidade pela decisão de investimento é sempre do próprio investidor.

    Sejam bem vindos!

  • Paulo Portinho

    PAULO PORTINHO, engenheiro com mestrado em administração de empresas pela PUC-Rio, é autor do Manual Técnico sobre o Método INI de Investimento em Ações, do livro "O Mercado de Ações em 25 Episódios" e do livro "Quanto Custa Ficar Rico?", os dois últimos pela editora Campus Elsevier.

    Paulo atuou como professor na Pós-graduação de Gestão Social da Universidade Castelo Branco e na Pós-graduação oferecida pela ANBIMA de Capacitação para o Mercado Financeiro.

    Atuou como professor da área de finanças e marketing na Universidade Castelo Branco e no curso de formação de agentes autônomos do SINDICOR.

    Como executivo do Instituto Nacional de Investidores - INI (www.ini.org.br) entre 2003 e 2012, ministrou mais de 500 palestras e cursos sobre o mercado de ações, sendo responsável pelo desenvolvimento do curso sobre o Método INI de Investimento em Ações, conteúdo que havia chegado a mais de 15.000 investidores em todo o país, até o ano de 2012.

    Representou o INI nas reuniões conjuntas de conselho da Federação Mundial de Investidores (www.wfic.org) e da Euroshareholders (www.euroshareholders.org), organizações que congregam quase 1 milhão de investidores em 22 países.

    Atuou como articulista do Informativo do INI, do Blog do INI, da revista Razão de Investir, da revista Investmais, do Jornal Corporativo e do site acionista.com.br. Foi fonte regular para assuntos de educação financeira de veículos como Conta Corrente (Globo News), Infomoney, Programa Sem Censura, Folha de São Paulo, Jornal O Globo, entre outros.

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: