O Novo Método INI 2.0 – Resultados do Itaú 2005-2010

Posted on 24/02/2011. Filed under: Finanças |

Esse post faz uma investigação minuciosa sobre os resultados do Itaú Unibanco nos últimos 5 anos, mais precisamente de 31/12/2005 a 30/12/2010.

Essa investigação faz parte dos estudos para o Novo Método INI. Para quem ainda não leu, segue no link abaixo:

Arquivo Secreto: O Novo Método INI, versão 2.0

Itáu 2005 – 2010

O link para o release de resultados de 2010 do Itaú pode ser acessado aqui.

A planilha com todos os dados do passado e a preparação para aplicação do Método INI 2.0 à empresa está no link abaixo:

http://www.portinho.com/pdf/201101/NOVOMIITUB2010.xls

Fica claro no histórico do Itaú que o banco tinha números próximos, levemente menores, do que os do Bradesco, mas deu um grande salto com a fusão com o Unibanco, veja os índices de crescimento:

  • Lucro Líquido – 19,92% ao ano
  • Dividendos – 15,93% ao ano
  • Valor de Mercado – 21,70% ao ano

O Investidor, ao assumir premissas para o futuro, deve ter em mente que boa parte desse crescimento veio da operação de fusão e não de forma orgânica.

O histórico de P/L do banco também é relativamente bem comportado, como o do Bradesco, apresentando média 9,02 para P/L mínimo no ano e 14,90 para P/L máximo.

O histórico de dividend yield também é muito parecido com o do Bradesco, assim como as diferenças entre ON e PN.

Boa leitura, bons estudos e divirtam-se!

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

6 Respostas to “O Novo Método INI 2.0 – Resultados do Itaú 2005-2010”

RSS Feed for Blog do Portinho Comments RSS Feed

Que riqueza de conteúdo nesse Blog, heim Portinho !?

Abraços de um fundamentalista e também guitarrista de jazz e blues !

Oi Sergio,
Gostei do som da banda. Aproveito para pedir suas impressões sobre as peças “Mighty Mite”. Eu encomendei um corpo de Tele deles e estou em dúvida sobre o braço. Corpo é mole de fazer, mas braço tem trabalho de traste, é mais difícil.
Como ficou a sua Strato?
Depois dê uma olhada no amp que encomendei com Válvulas de TV. São incríveis.

Abraço,
Portinho

Portinho, toda a “saga” dessa strat está contada com fotos aqui:

http://forum.cifraclub.com.br/forum/3/215182/

Mas te adianto que o braço da mightymite é excelente, pelo menos a peça que eu peguei, não fica devendo nada ao da minha american standard 95.

Conheço os amps do Max, acho que ele tem um bom padrão de construção e ótimas idéias, o problema é que ele vende (ou vendia) esses amps muito baratos e acabou perdendo o controle das operações dele e atrasando muito os pedidos…

Muito legal o seu vídeo/demo do woodstock, abç !

Li a “saga” da strato.
Estou pensando em fazer uma Tele com corpo da Mite. Já encomendei, mas está “dormitando” na alfândega. As usual…
O Max está mais rápido, mas ainda leva de 2 a 3 meses para receber o amp.
É muito impressionante o som. Volume altíssimo e limpo.
Não é caro, mas também não é dado. Um amp como o meu (sem o acabamento especial) sai a R$ 1.350,00.

Portinho, você citou “novo método INI”. O método irá mudar, ou é o sistema de seleção de ações/TIB que irão mudar?
Outra dúvida: a TIB será atualizada com as demonstrações em IFRS? Ou haverá descontinuidade dessas informações?
Obrigado.

Humberto

Oi Humberto, o Método é o mesmo, mas a captação dos dados será diferente.
Dê uma estudada na planilha e verá que o método é o mesmo.
Estamos com muitos problemas por conta da mudança de sistema na CVM. A Valoriza não consegue funding para fazer a migração e estamos estudando outras alternativas.


Where's The Comment Form?

  • Disclaimer

    Este blog é um ambiente privado para expor opiniões, estudos, reflexões e comentários sobre assuntos ligados a finanças, bolsa de valores, economia, política, música, humor e outros temas.

    Seus objetivos são educacionais ou recreativos, não configurando sob nenhuma hipótese recomendação de investimento.

    O investidor consciente deve tomar decisões com base em suas próprias crenças e premissas. Tudo que lê ou ouve pode ser levado em consideração, mas a decisão de investimento é sempre pessoal. Tanto na escolha de ações para carteira própria, quanto na escolha de gestores profissionais para terceirização da gestão.

    O Autor espera que os temas educacionais do blog possam ajudar no desenvolvimento e no entendimento das nuances do mercado de ações, mas reitera que a responsabilidade pela decisão de investimento é sempre do próprio investidor.

    Sejam bem vindos!

  • Paulo Portinho

    PAULO PORTINHO, engenheiro com mestrado em administração de empresas pela PUC-Rio, é autor do Manual Técnico sobre o Método INI de Investimento em Ações, do livro "O Mercado de Ações em 25 Episódios" e do livro "Quanto Custa Ficar Rico?", os dois últimos pela editora Campus Elsevier.

    Paulo atuou como professor na Pós-graduação de Gestão Social da Universidade Castelo Branco e na Pós-graduação oferecida pela ANBIMA de Capacitação para o Mercado Financeiro.

    Atuou como professor da área de finanças e marketing na Universidade Castelo Branco e no curso de formação de agentes autônomos do SINDICOR.

    Como executivo do Instituto Nacional de Investidores - INI (www.ini.org.br) entre 2003 e 2012, ministrou mais de 500 palestras e cursos sobre o mercado de ações, sendo responsável pelo desenvolvimento do curso sobre o Método INI de Investimento em Ações, conteúdo que havia chegado a mais de 15.000 investidores em todo o país, até o ano de 2012.

    Representou o INI nas reuniões conjuntas de conselho da Federação Mundial de Investidores (www.wfic.org) e da Euroshareholders (www.euroshareholders.org), organizações que congregam quase 1 milhão de investidores em 22 países.

    Atuou como articulista do Informativo do INI, do Blog do INI, da revista Razão de Investir, da revista Investmais, do Jornal Corporativo e do site acionista.com.br. Foi fonte regular para assuntos de educação financeira de veículos como Conta Corrente (Globo News), Infomoney, Programa Sem Censura, Folha de São Paulo, Jornal O Globo, entre outros.

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: