Ecodiesel – Atualizações 26/10/2010

Posted on 26/10/2010. Filed under: Finanças |

Caros membros do clube Stratocaster,

Nos últimos dias houve muita movimentação em torno da ECOD3, tanto no que se refere às notícias quanto à oscilação nos preços.

Chegou a subir 15% em um dia e cair 10% no dia seguinte.

Cabe relembrar os motivos que nos fizeram alocar 5% da carteira do clube em Ecodiesel:

  • Quando começamos a entrar, a empresa havia batido em R$ 0,70 – R$ 0,80, o que indicava um valor de mercado da ordem de R$ 500 milhões de reais.
  • Houve reestruturação da dívida e aporte de recursos.
  • A empresa começou a apresentar lucros, mesmo com a perda de importantes ativos e de selos sociais.
  • Os releases estavam claros e objetivos. Compartilhei dos drives da administração.
  • O mercado de Biodiesel, caso as metas do governo se confirmem, poderá crescer de 3 a 4 vezes em 5 anos (B20).

Os riscos mais graves:

  • O principal é quanto à viabilidade comercial, operacional e ambiental do Biodiesel. Ninguém pode afirmar que o combustível será, realmente, um substituto/complemento viável para o derivado do petróleo. Há relatos de problemas sérios com motores sujeitos à biodiesel por muito tempo e por muitos quilômetros.
  • O insumo principal (por enquanto, soja) atingir preços proibitivos. Nesse caso, ou a empresa para de produzir, ou produz com prejuízo.

Para ler mais sobre os motivos, sugiro clicar aqui e aqui.

Os rumores podem ser lidos aqui e aqui.

Não há qualquer informação que permita fazer uma avaliação da nova empresa resultante da fusão da Ecodiesel e da Maeda.

A única informação financeira é, na realidade, uma tautologia (quando a resposta já está na premissa).

Dizer que a Ecodiesel avaliou a Maeda em R$ 320 milhões, o que representaria 30% da nova sociedade (para alguns 33%) significa dizer que a nova sociedade valerá R$ 1,07 bilhão. Sendo R$ 750 milhões da Ecodiesel e R$ 320 milhões da Maeda.

Ora… R$ 750 milhões JÁ É o valor de mercado da Ecodiesel.

Em resumo, essa informação não significa nada, na prática. É mais uma “conta de chegada” que uma informação, propriamente dita.

Será necessária aguardar os desdobramentos para poder avaliar o impacto da fusão.

O melhor dos mundos para a Ecodiesel seria:

  • Ter acesso a matérias-primas mais baratas
  • Receber aporte para consolidar-se em áreas onde haja menos restrições para os selos sociais

Para saber se esses itens (e outros) serão contemplados, só com mais informações e com o balanço da Maeda.

De qualquer forma, é sempre bom que alguns bilionários entrem na empresa…

Se fosse o Eike, já estaria valendo R$ 10 cada ação… rsrsrs

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

3 Respostas to “Ecodiesel – Atualizações 26/10/2010”

RSS Feed for Blog do Portinho Comments RSS Feed

Paulo, pra quem hoje está investindo em ações da Ecodiesel, haverá alguma mudança no volume de ações na fusão com a maeda?

Oi Thiago,
A resposta é sim, haverá a emissão de 358 milhões de ações ordinárias, conforme fato relevante do link abaixo:
http://www.brasilecodiesel.com.br/brasilecodiesel/web/conteudo_pt.asp?idioma=0&tipo=1812&conta=28&id=117794

Isso, ao contrário do que ocorreu com a Petrobras, não significa diluição do capital, pois haverá incorporação de uma outra empresa, com receitas e lucros próprios.

Como disse em posts anteriores, é impossível avaliar corretamente o negócio sem informações detalhadas sobre a MAEDA. A única informação que a ECO soltou é que o volume de receitas pulará para 700-800 milhões com a incorporação.

Por enquanto, Ecodiesel deve ser considerado investimento de risco elevado. A técnica de comprar pouco e sempre (buy and hold) só deve ser usada em empresas sólidas com balanços claros e boas perspectivas de crescimento no futuro.

Tratamos Ecodiesel, no clube, como nossa parcela de risco.

Espero que, em breve, os resultados apareçam e a ECO possa ser avaliada pelos tradicionais indicadores fundamentalistas.

Abraço
Portinho


Where's The Comment Form?

  • Disclaimer

    Este blog é um ambiente privado para expor opiniões, estudos, reflexões e comentários sobre assuntos ligados a finanças, bolsa de valores, economia, política, música, humor e outros temas.

    Seus objetivos são educacionais ou recreativos, não configurando sob nenhuma hipótese recomendação de investimento.

    O investidor consciente deve tomar decisões com base em suas próprias crenças e premissas. Tudo que lê ou ouve pode ser levado em consideração, mas a decisão de investimento é sempre pessoal. Tanto na escolha de ações para carteira própria, quanto na escolha de gestores profissionais para terceirização da gestão.

    O Autor espera que os temas educacionais do blog possam ajudar no desenvolvimento e no entendimento das nuances do mercado de ações, mas reitera que a responsabilidade pela decisão de investimento é sempre do próprio investidor.

    Sejam bem vindos!

  • Paulo Portinho

    PAULO PORTINHO, engenheiro com mestrado em administração de empresas pela PUC-Rio, é autor do Manual Técnico sobre o Método INI de Investimento em Ações, do livro "O Mercado de Ações em 25 Episódios" e do livro "Quanto Custa Ficar Rico?", os dois últimos pela editora Campus Elsevier.

    Paulo atuou como professor na Pós-graduação de Gestão Social da Universidade Castelo Branco e na Pós-graduação oferecida pela ANBIMA de Capacitação para o Mercado Financeiro.

    Atuou como professor da área de finanças e marketing na Universidade Castelo Branco e no curso de formação de agentes autônomos do SINDICOR.

    Como executivo do Instituto Nacional de Investidores - INI (www.ini.org.br) entre 2003 e 2012, ministrou mais de 500 palestras e cursos sobre o mercado de ações, sendo responsável pelo desenvolvimento do curso sobre o Método INI de Investimento em Ações, conteúdo que havia chegado a mais de 15.000 investidores em todo o país, até o ano de 2012.

    Representou o INI nas reuniões conjuntas de conselho da Federação Mundial de Investidores (www.wfic.org) e da Euroshareholders (www.euroshareholders.org), organizações que congregam quase 1 milhão de investidores em 22 países.

    Atuou como articulista do Informativo do INI, do Blog do INI, da revista Razão de Investir, da revista Investmais, do Jornal Corporativo e do site acionista.com.br. Foi fonte regular para assuntos de educação financeira de veículos como Conta Corrente (Globo News), Infomoney, Programa Sem Censura, Folha de São Paulo, Jornal O Globo, entre outros.

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: