Para entender a política brasileira…

Posted on 10/03/2010. Filed under: Finanças, Política |

Esse post é muito importante, pois mais adiante vou indicar a vocês um material de leitura (via internet) imprescindível para a compreensão do processo político pelo qual passa o Brasil e os ditos governos “progressistas” da América Latina e Oriente Médio.

Recomendo sua leitura completa. Será uma oportunidade única para entender, sob uma ótica que desconhecemos, o que se passa sob nossas barbas…

Estamos focados em assuntos sem importância

Enquanto discutimos quantos bilhões de reais Fulano investiu, ou quantos milhões Beltrano roubou, a cúpula do governo discute um tal “novo mundo possível”. Essa expressão já aparece em discursos de importantes figuras do governo federal e dos governos de alguns estados há algum tempo.

As comparações entre números de FHC e Lula, quem fez mais e quem fez menos, na verdade só servem para afastar as mentes inocentes do verdadeiro objetivo que está por trás das muitas ações, aparentemente inocentes e descoordenadas, do governo.

Como exemplo, lembro que há pouco mais de um mês Marco Aurélio Garcia, assessor de Lula para assuntos internacionais, afirmou que as produções para cinema e TV dos EUA eram um “esterco” cultural, muito mais perigoso do que a 4ª Frota.

Eis que hoje aparece na lista das sanções aos EUA exatamente a produção para cinema e TV. Querem aumentar os impostos e taxas OU impedir temporariamente o envio dos royalties aos EUA.

A cabeça de MAG deve sonhar com um Super Tucano bombardeando o Princeton Plainsboro Teaching Hospital, com o Doutor House e toda sua equipe dentro.

Parece piada, mas não é.

Somos iletrados em teoria política

Fico muito apreensivo quando amigos muito próximos e muito inteligentes fazem defesas aguerridas do governo Lula. Citam números, feitos, estatísticas, prêmios etc., ao mesmo tempo em que têm 10.000 críticas prontas a FHC, ao capitalismo, aos EUA, à Israel e até ao Flamengo…

O que me deixa perplexo é que defendam um modelo político-ideológico que desconhecem por completo.

Não sabem quem foi Marx, Lênin, Stálin, Trotksi e Gramsci. Sabem superficialmente, quando muito.

Defendem pessoas que passaram a vida toda buscando modelos marxistas, maoístas, gramscistas, trotskistas, leninistas entre outros para o Brasil.

E continuam querendo!

Mais adiante vou indicar uma leitura bem simples para que, ao menos, eles conheçam e defendam o modelo com consciência de causa.

Nada impede que gostem do modelo que será apresentado a seguir.

Mas antes, um pensamento…

Como ficará claro pela leitura dos textos do post a seguir, o novo movimento marxista entendeu que deveria se apropriar de 2 valores básicos do capitalismo: a democracia e a economia de mercado.

Não raro vemos Lula defender a democracia Venezuelana. Não é loucura, é método.

Pois sugiro uma definição contundente para que vocês se protejam dessas idéias “progressistas”.

“Não existe democracia com partido único. Não existe democracia no pensamento único. Não existe democracia na hegemonia. Não existe democracia sem alternância de poder.”

Entendo que essas idéias deveriam ser axiomas da teoria política.

Quando vejo comentaristas de blogs tripudiando, ridicularizando os contrários a Lula por serem apenas 6% da população, veja que nada entendem de democracia.

Não existe ditadura maior do que um presidente com 100% de aprovação. Isso não deveria ser comemorado, mas lamentado.

E vamos ao entendimento…

… no post seguinte, intitulado:

Guia para a leitura do resumo do livro “A Revolução Gramscista no Ocidente”

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

4 Respostas to “Para entender a política brasileira…”

RSS Feed for Blog do Portinho Comments RSS Feed

Sr. autor do texto ideológico e esquerdista….
Toparia um debate longo e técnico com alguém que não está no A B C da política?

Cara Míriam, não entendi sua colocação. Quer um debate com quem? Comigo ou com o autor do livro sobre Gramscismo?
O General Avelar faleceu em 27 de dezembro de 2011.
Se sua leitura a fez crer que somos esquerdistas e ideológicos, recomendo que leia novamente. Não faz qualquer sentido pensar que esses posts sejam esquerdistas.

Prezado Paulo Portinho, excelente a sua iniciativa de trazer aos seus leitores um assunto desta importância. Parabéns!!

Valeu Jorge,

Eu consegui descobrir o caderno no site do diário comercial. Pedi divulgação a outros blogs. É muito importante!
Agora vou trabalhar para, capítulo a capítulo, mostrar a relação do governo com o Big Brother de Orwell.
Abraço!


Where's The Comment Form?

  • Disclaimer

    Este blog é um ambiente privado para expor opiniões, estudos, reflexões e comentários sobre assuntos ligados a finanças, bolsa de valores, economia, política, música, humor e outros temas.

    Seus objetivos são educacionais ou recreativos, não configurando sob nenhuma hipótese recomendação de investimento.

    O investidor consciente deve tomar decisões com base em suas próprias crenças e premissas. Tudo que lê ou ouve pode ser levado em consideração, mas a decisão de investimento é sempre pessoal. Tanto na escolha de ações para carteira própria, quanto na escolha de gestores profissionais para terceirização da gestão.

    O Autor espera que os temas educacionais do blog possam ajudar no desenvolvimento e no entendimento das nuances do mercado de ações, mas reitera que a responsabilidade pela decisão de investimento é sempre do próprio investidor.

    Sejam bem vindos!

  • Paulo Portinho

    PAULO PORTINHO, engenheiro com mestrado em administração de empresas pela PUC-Rio, é autor do Manual Técnico sobre o Método INI de Investimento em Ações, do livro "O Mercado de Ações em 25 Episódios" e do livro "Quanto Custa Ficar Rico?", os dois últimos pela editora Campus Elsevier.

    Paulo atuou como professor na Pós-graduação de Gestão Social da Universidade Castelo Branco e na Pós-graduação oferecida pela ANBIMA de Capacitação para o Mercado Financeiro.

    Atuou como professor da área de finanças e marketing na Universidade Castelo Branco e no curso de formação de agentes autônomos do SINDICOR.

    Como executivo do Instituto Nacional de Investidores - INI (www.ini.org.br) entre 2003 e 2012, ministrou mais de 500 palestras e cursos sobre o mercado de ações, sendo responsável pelo desenvolvimento do curso sobre o Método INI de Investimento em Ações, conteúdo que havia chegado a mais de 15.000 investidores em todo o país, até o ano de 2012.

    Representou o INI nas reuniões conjuntas de conselho da Federação Mundial de Investidores (www.wfic.org) e da Euroshareholders (www.euroshareholders.org), organizações que congregam quase 1 milhão de investidores em 22 países.

    Atuou como articulista do Informativo do INI, do Blog do INI, da revista Razão de Investir, da revista Investmais, do Jornal Corporativo e do site acionista.com.br. Foi fonte regular para assuntos de educação financeira de veículos como Conta Corrente (Globo News), Infomoney, Programa Sem Censura, Folha de São Paulo, Jornal O Globo, entre outros.

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: