Venezuela por um dia!

Posted on 07/10/2008. Filed under: Finanças, Humor, Política |

As técnicas venezuelanas e cubanas para enfrentar crises de câmbio aterrissaram na Europa.

A Islândia, um pequeno país com 300.000 habitantes e padrão de vida classe AAAAAAAAAAAA, fez, hoje, coisas inacreditáveis com sua economia. Infelizmente, pode estar assinando o próprio obituário…

Acreditem se puderem:

  1. Congelou o câmbio (por um dia apenas) em quase metade do que ele realmente vale. O câmbio estava em 200 coroas por euro, antes do mercado ficar totalmente ilíquido, e o governo congelou em 130 coroas por euro.
  2. Nacionalizou o segundo maior banco do país (já havia nacionalizado outro, semana passada).
  3. Pediu dinheiro emprestado para a Rússia!

Se eu não tivesse dito que era a Islândia, não iria parecer coisa de Cuba, Bolívia e Venezuela?

Pois é, imagino que o próximo passo seja criar a Liga Bolivariana Esquimó, para exterminar o capitalismo e o grande satã da América do Norte.

Ai, ai…

Brincadeiras à parte, a Islândia, ao contrário do que se pensa, tem clima ameno, apesar de ser colada na Groenlândia. É um país onde as pessoas vivem em absoluta tranquilidade econômica e social.

Esses benefícios correm o risco de ruir de uma hora para outra.

Vejam o artigo:

http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=newsarchive&sid=aMQ6B4zkOEf4

No artigo, vemos que o país tem um problema sério.

Seu setor bancário é maior do que toda a economia nacional.

Para se ter uma idéia, os bancos tem ativos que correspondem a 8 vezes o PIB do país, que é basicamente pesca e derivados, e, além disso, os bancos respondem por uma dívida externa correspondente a 12 vezes o PIB do país, estimado em US$ 12 bilhões.

Como os bancos estão encrencados e os juros subiram enormemente, há grande chance de a Islândia decretar moratória em sua dívida externa, além de haver risco de corrida a saques nos bancos.

Aliás, eu, se fosse islandês, já estaria na fila do banco.

Sei que é horrível pensar assim, mas a situação da Islândia é dramática.

O país é pequeno e pouco relevante na economia mundial, os pares nórdicos estão pouco se lixando para o que vai acontecer na Islândia, já há precedentes de países pequenos que simplesmente implodiram e nada ocorreu com a economia mundial.

Lembram da Albânia?

Metade da poupança da Albânia foi-se num sistema de pirâmide. O pessoal era muito ingênuo e ganancioso. Ingenuidade e ganância são os ingredientes básicos do otário.

Mas há uma salvação.

Como a moeda da Islândia é absolutamente irrelevante, a coroa islandesa. A próxima ação do banco central islandês poderia ser mudar o nome de coroa islandesa para Luma de Oliveira.

Coroa por coroa…

Além de sempre haver a chance de encantar Eike Batista, que pode criar uma empresa de pesca de bacalhau de US$ 30 bi, a VASCOX, e salvar o país.

Só para ter 300.000.000 de Lumas em sua fortuna pessoal.

Brincadeiras…

Brinquei, confesso, mas estou torcendo para que as coisas se resolvam na Islândia. É muito triste ver um país com a quarta maior renda per capita do mundo e o melhor IDH (0,968) tornar-se uma Venezuela Esquimó.

Já se foi o comunismo, estamos com o capitalismo na berlinda agora vamos entregar os melhores exemplos de socialismo?

Caramba, o que virá a seguir?

Lá fora não sei, mas aqui no RJ é Flamengo e Atlético-MG no sábado…

Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

2 Respostas to “Venezuela por um dia!”

RSS Feed for Blog do Portinho Comments RSS Feed

E é claro que vai dar galão! Sobre a Islândia não tenho o que comentar… Estou impressionado com este assunto…


Where's The Comment Form?

  • Disclaimer

    Este blog é um ambiente privado para expor opiniões, estudos, reflexões e comentários sobre assuntos ligados a finanças, bolsa de valores, economia, política, música, humor e outros temas.

    Seus objetivos são educacionais ou recreativos, não configurando sob nenhuma hipótese recomendação de investimento.

    O investidor consciente deve tomar decisões com base em suas próprias crenças e premissas. Tudo que lê ou ouve pode ser levado em consideração, mas a decisão de investimento é sempre pessoal. Tanto na escolha de ações para carteira própria, quanto na escolha de gestores profissionais para terceirização da gestão.

    O Autor espera que os temas educacionais do blog possam ajudar no desenvolvimento e no entendimento das nuances do mercado de ações, mas reitera que a responsabilidade pela decisão de investimento é sempre do próprio investidor.

    Sejam bem vindos!

  • Paulo Portinho

    PAULO PORTINHO, engenheiro com mestrado em administração de empresas pela PUC-Rio, é autor do Manual Técnico sobre o Método INI de Investimento em Ações, do livro "O Mercado de Ações em 25 Episódios" e do livro "Quanto Custa Ficar Rico?", os dois últimos pela editora Campus Elsevier.

    Paulo atuou como professor na Pós-graduação de Gestão Social da Universidade Castelo Branco e na Pós-graduação oferecida pela ANBIMA de Capacitação para o Mercado Financeiro.

    Atuou como professor da área de finanças e marketing na Universidade Castelo Branco e no curso de formação de agentes autônomos do SINDICOR.

    Como executivo do Instituto Nacional de Investidores - INI (www.ini.org.br) entre 2003 e 2012, ministrou mais de 500 palestras e cursos sobre o mercado de ações, sendo responsável pelo desenvolvimento do curso sobre o Método INI de Investimento em Ações, conteúdo que havia chegado a mais de 15.000 investidores em todo o país, até o ano de 2012.

    Representou o INI nas reuniões conjuntas de conselho da Federação Mundial de Investidores (www.wfic.org) e da Euroshareholders (www.euroshareholders.org), organizações que congregam quase 1 milhão de investidores em 22 países.

    Atuou como articulista do Informativo do INI, do Blog do INI, da revista Razão de Investir, da revista Investmais, do Jornal Corporativo e do site acionista.com.br. Foi fonte regular para assuntos de educação financeira de veículos como Conta Corrente (Globo News), Infomoney, Programa Sem Censura, Folha de São Paulo, Jornal O Globo, entre outros.

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: