Lehman na fila (2)…

Posted on 09/09/2008. Filed under: Finanças |

 

A fila anda, e anda rápido nos States…
 
A incorporação da Fannie e do Freddie ontem, pulverizou as ações. Elas já tinham caído 92% até sexta. Ontem caíram mais 88%. Estão na casa dos centavos de dólar.
 
Hoje o regulador bancário da Coréia disse que “não é uma boa idéia” comprar participação no Lehmann, fazendo com que o Korea Development Bank tivesse que voltar atrás da idéia (maluca) de comprar uma parte do Lehmann Brothers, o quarto banco americano.
 
Vejam: http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=20601087&sid=atuuGQvqYA8A&refer=home
 
Aqui no Brasil a irracionalidade continua rolando solta. Vende-se tudo, sem critério. Algumas coisas se seguram, mas se a irracionalidade continuar talvez vejamos coisas impressionantes.
 
O que mais me impressiona hoje é o preço da TMAR5. R$ 77,00, com previsão de pagar dividendos no dia 11/09/2008 (pagamento em 19/09). Dividendos de R$ 17,00 ?!?!?!?!?!?! Acreditem ou não, 25%. Mesmo com o preço ajustando no dia seguinte, é um dinheirinho no bolso e a manutenção da ação…
 
Outras coisas são impressionantes.
 
Usiminas, se pagar o dividendo previsto, vai remunerar o acionista em mais de 7% no ano, considerando o preço atual de R$ 44,90.
Marcopolo, mesmo sem cair abaixo de R$ 5,80, continua pagando dividend yield superior a 6%.
Banestes paga, por mês, 0,35% de dividendos. Regularmente. Todo mês.
CPFL, a R$ 31,00, vai pagar mais de 10% de dividendos, sem dúvida.
Eletropaulo e AES Tietê nem vale a pena falar.
 
Porém o movimento de queda se justifica: falta comprador.
Tenho comprado com frequência. Já saí de 12,8% do clube para 15,3%.
Se continuar assim, logo chego aos 20% de participação.
 
É que os aportes caíram muito. O medo é grande… Como compro empresas e não “bolsa”, fico mais animado, mas não é um comportamento muito comum, reconheço.
 
Todos dizem que o certo é comprar na baixa e vender na alta, mas a natureza humana é traiçoeira, a gente sabe disso, mas sente totalmente diferente. O sentimento mais natural é querer entrar quando está “bombando”, e sair desesperado quando está derretendo.
 
Com alguns anos de bolsa, esse sentimento muda e começamos a agir da forma racional, aquela que a gente sabe que é correta. Mas, até lá, os sentimentos são bem diferentes do que prega o cérebro.
 
Let’s go! Rumo aos 20%!
Anúncios

Make a Comment

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  • Disclaimer

    Este blog é um ambiente privado para expor opiniões, estudos, reflexões e comentários sobre assuntos ligados a finanças, bolsa de valores, economia, política, música, humor e outros temas.

    Seus objetivos são educacionais ou recreativos, não configurando sob nenhuma hipótese recomendação de investimento.

    O investidor consciente deve tomar decisões com base em suas próprias crenças e premissas. Tudo que lê ou ouve pode ser levado em consideração, mas a decisão de investimento é sempre pessoal. Tanto na escolha de ações para carteira própria, quanto na escolha de gestores profissionais para terceirização da gestão.

    O Autor espera que os temas educacionais do blog possam ajudar no desenvolvimento e no entendimento das nuances do mercado de ações, mas reitera que a responsabilidade pela decisão de investimento é sempre do próprio investidor.

    Sejam bem vindos!

  • Paulo Portinho

    PAULO PORTINHO, engenheiro com mestrado em administração de empresas pela PUC-Rio, é autor do Manual Técnico sobre o Método INI de Investimento em Ações, do livro "O Mercado de Ações em 25 Episódios" e do livro "Quanto Custa Ficar Rico?", os dois últimos pela editora Campus Elsevier.

    Paulo atuou como professor na Pós-graduação de Gestão Social da Universidade Castelo Branco e na Pós-graduação oferecida pela ANBIMA de Capacitação para o Mercado Financeiro.

    Atuou como professor da área de finanças e marketing na Universidade Castelo Branco e no curso de formação de agentes autônomos do SINDICOR.

    Como executivo do Instituto Nacional de Investidores - INI (www.ini.org.br) entre 2003 e 2012, ministrou mais de 500 palestras e cursos sobre o mercado de ações, sendo responsável pelo desenvolvimento do curso sobre o Método INI de Investimento em Ações, conteúdo que havia chegado a mais de 15.000 investidores em todo o país, até o ano de 2012.

    Representou o INI nas reuniões conjuntas de conselho da Federação Mundial de Investidores (www.wfic.org) e da Euroshareholders (www.euroshareholders.org), organizações que congregam quase 1 milhão de investidores em 22 países.

    Atuou como articulista do Informativo do INI, do Blog do INI, da revista Razão de Investir, da revista Investmais, do Jornal Corporativo e do site acionista.com.br. Foi fonte regular para assuntos de educação financeira de veículos como Conta Corrente (Globo News), Infomoney, Programa Sem Censura, Folha de São Paulo, Jornal O Globo, entre outros.

Liked it here?
Why not try sites on the blogroll...

%d blogueiros gostam disto: